LiveZilla Live Help
Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3241-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3241-5077

Notícias

Conheça cinco temas de atualidades que podem cair nas questões do Enem

Conheça cinco temas de atualidades que podem cair nas questões do Enem
11/09/2017

Para garantir um bom desempenho no Enem, o candidato precisa ficar atento ao que é noticiado pela mídia. Com a aproximação das datas das provas que dão acesso ao ensino superior, quem quer garantir uma vaga na universidade, seja por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou outros vestibulares que dão acesso a instituições de ensino públicas e privadas, não pode deixar a ansiedade tomar conta e o foco nos estudos precisa continuar.

Mas engana-se quem acha que a preocupação dos candidatos deve ficar apenas em torno dos livros de português, matemática, história, física, química e biologia. Estudar os principais acontecimentos da atualidade que envolvem o Brasil e o mundo é fundamental para conquistar uma boa nota no Enem e outros exames.

O conteúdo pode ser cobrado em questões de filosofia, sociologia, história e geografia, além de poder ser o tema da redação, prova que geralmente tem um peso maior e pode garantir um desempenho melhor para quem conseguir atingir os objetivos pedidos pelo exame. Para conseguir adquirir informações sobre atualidades, uma dica importante é acompanhar o que acontece em diversos meios de comunicação, como televisão, internet, rádio, jornais e revistas.

Segundo o professor de atualidades do Curso Poliedro Daniel Pereira Leite, os participantes devem ficar atentos, principalmente, em notícias que envolvem questões sociais. “A tendência das provas que cobram assuntos atuais é verificar o quanto o estudante está informado diante dos acontecimentos mais comentados na mídia”, indica ele.

Pensando nisso, o professor elaborou uma lista que pode ajudar quem está um pouco perdido a prestar mais atenção em relação a informações sobre esses temas.

Intolerância

No ano passado, a prova de redação do Enem abordou a temática “Caminhos para combater a Intolerância Religiosa no Brasil”. Segundo Leite, intolerância é um dos problemas mais graves da humanidade e, por isso, pode ser abordado novamente no exame deste ano, porém, trazendo outros enfoques.

Ele aposta em intolerância política, racial e de gênero, assuntos comentados amplamente pela imprensa durante a eleição presidencial dos Estados Unidos, que elegeu o polêmico Donald Trump e suas opiniões de extrema direita que renderam diversas discussões.

Crise dos refugiados e Direitos Humanos

Segunfo a ONU, o número de refugiados de guerra é o mais alto neste ano; na foto, iraquianos tentam chegar até o Erbil no lado Curdo

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), atualmente o mundo está passando por uma das maiores crises humanitárias do século. A crise dos refugiados já provocou a migração de mais de 65,6 milhões de pessoas, que foram obrigadas a deixar suas casas, fugindo de conflitos e guerras.

A maior parte dessa população é proveniente da África e do Oriente Médio. O candidato, neste sentido, deve estar atento as suas causas, como a Guerra na Síria, e aos principais impactos causados pelo deslocamento dessas populações ao redor do mundo.

Internet, conectividade e sociedade da informação

Esse tema pode ser solicitado no Enem de diversas maneiras. Desde como um canal para organizar movimentos sociais, seja movimentos contra o governo ou em defesa de alguma causa social, ambiental ou política, até como um meio de interação novo que torna `inexistentes` distâncias e barreiras políticas, sendo uma forma de contornar censura.

Além disso, é possível que esse assunto também apareça como novos modelos de trabalho - home office, lançamento de um vídeo independente, entre outros -, uma maneira de monitorar as pessoas e, até mesmo, como um meio de propagar, ou combater, a intolerância.

Corrupção

Em Brasília, a corrupção chama a atenção da população brasileira devido aos escândalos que não param de vir à tona

A corrupção pode ser solicitada na prova do Enem como um fenômeno social, que impacta diretamente em toda a sociedade. Segundo Leite, a corrupção não está apenas relacionada aos recentes acontecimentos políticos que ganharam os holofotes da imprensa brasileira.

Pode ser também visto como um problema da sociedade. A população brasileira cobra soluções para a corrupção que acontece em Brasília, enquanto pratica pequenas corrupções diariamente.

Machismo e questões de gênero

Nos últimos anos, mulheres de todo o Brasil e do mundo estão indo às ruas para cobrar direitos iguais e fim do machismo

Em pleno século XXI o machismo continua um tema atual. Por isso, o candidato deve estar atento à cultura machista no Brasil e às consequências da desigualdade de gênero em todas as esferas da sociedade. Assuntos como a violência contra a mulher e a participação feminina no mercado de trabalho são apostas.

Enem 2017

Além de ficar ligado nos temas que podem cair na prova, o candidato também precisa estar por dentro de todas as novidades do exame. O exame deste ano será realizado em dois domingos seguidos, diferente das edições anteriores. As datas escolhidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foram os dias 5 e 12 de novembro.

Um dos fatores que motivaram o instituto a modificar o exame para os domingos foi a facilitação para os candidatos sabatistas, que tradicionalmente precisavam esperar até às 19h do sábado para iniciar a prova.

A ordem de aplicação dos conteúdos também foi alterada. Desta vez, no primeiro domingo, dia 5, serão aplicados os exames de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, e os candidatos terão 5 horas e 30 minutos para a realização.

Já no segundo dia, 12, os participantes do Enem terão que lidar com as questões das provas de Matemática e Ciências da Natureza, com 4 horas e 30 minutos de duração

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar